Khosrow e Shirin – Tulipa Negra

“Era comum ouvir-se falar na tulipa negra, uma flor rara e preciosa. Segundo uma lenda persa, uma moça chamada Ferhad apaixonou-se por um rapaz chamado Shirin. Vendo seu amor rejeitado, Ferhad fugiu para o deserto. Ao chorar de saudades e tristeza, cada uma das suas lágrimas, ao tocar a areia, transformava-se numa linda tulipa negra”.

Khosrow e Shirin (Shirin va Khusraw خسرو و شیرین) é o título de vários poemas épicos persas escritos no século XII. A narrativa essencial é uma história de amor de origem persa, que é encontrada em grandes poemas da obra “Shahnameh” e que se baseia em dados históricos que foram elaborados e romantizados pelos poetas persas posteriormente. Variantes da história também foram encontradas sob os títulos “Khosrow e Farhad”, “Farhad e Shirin” e “Dilan e Perry” (em persa: دیلان و پری).

 

De onde vem o Ópio?


O ópio (“suco” em grego) é obtido a partir de um líquido leitoso da cápsula verde da papoula (papaver Somniferum), planta que cresce naturalmente na Ásia. É também chamada de “dormideira”, sendo originária do Mediterrâneo e Oriente Médio. É utilizado pela medicina como analgésico, mas pode causar dependência no organismo. O dependente fica magro, com a cor amarela e tem sua resistência às infecções diminuída.

Muita gente costuma se confundir, dizendo que o Ópio vem da Tulipa, devido a semelhança das flores. Fui então pesquisar sobre o assunto.

Homem em plantação de Papoula no Afeganistão

A Papoula, em alguns lugares, é até chamada de “Tulipa de Ópio”

Plantação de Papoula

Mas ao observar de perto, vê-se que as duas flores tem lá suas particularidades, como a quantidade de pétalas, o formato e tamanho do miolo, e a aparência das folhas.

Papoula do ópio e Tulipa

Hymn to Life: Tulips – Beverly Hills

Tulipas esculpidas pela aclamada artista japonesa Yayoi Kusama, um ótimo motivo para passar por Beverly Park Gardens se estiver em Beverly Hills. Esculpidas em espuma e moldadas em fibra de vidro a partir de moldes de resíduos de gesso, em seguida, montadas em tubo de aço curvado. A artista, que tem como marca registrada as bolinhas, pintou a mão cada uma das 3 esculturas que formam uma exposição permanente em Beverly Park Gardens localizado em Santa Monica Boulevard, em Beverly Hills na Califórnia. O título da obra Hymn to Life quer dizer Hino à Vida, muito inspirador, não é?

Foto By Mark Luethi

Foto By Marshall Astor

Foto By Marshall Astor

Foto By Marshall Astor

Foto By Marshall Astor

Floralis Generica – Buenos Aires

Imagem By raphanomundo

Floralis generica é uma escultura metálica situada na Plaza de las Naciones Unidas, entre a Avenida Figueroa Alcorta e Austria, no bairro Recoleta, da cidade de Buenos Aires, presenteada à cidade pelo arquiteto argentino Eduardo Catalano.

A escultura se situa no centro de um parque de quatro hectares arborizados, cercado por trilhas que oferecerem diferentes perspectivas do monumento, que está localizado acima de um espelho de água. Além da função estética, o espelho d’água protege o monumento.

A grande flor feita em aço inoxidável com esqueleto de alumínio pesa dezoito toneladas e atinge 23 metros de altura.

Uma das características da flor é um sistema elétrico que abre automaticamente e fecha as pétalas, dependendo da hora do dia. Durante a noite a flor fecha e emana de seu interior um brilho vermelho e abre-se pela manhã. Este mesmo mecanismo que abre a flor, faz com que esta se fecha na presença de ventos fortes. Ele abre todas as manhãs às 8 e termina ao pôr do sol, em um horário que varia conforme a estação. Quando da inauguração, problemas técnicos impediram seu fechamento, mas estes foram resolvidos dois meses depois.

Há quatro noites especiais em que as pétalas estão abertas: 25 de maio, 21 de setembro e 24 e 31 de dezembro.

Atualmente, entretanto, encontra-se desativada e o Estado alega que o preço do conserto é inviável.

Segundo o autor, o arquiteto Eduardo Catalano, Floralis significa que seja parte da flora e genérica derivada do conceito de “gênero” e indica que ela representa todas as flores do mundo.

Mas que ela é igualzinha uma Tulipa, isto é.

Clique para ampliar. A imagem é maravilhosa!

Fonte: Wikipédia