Khosrow e Shirin – Tulipa Negra

“Era comum ouvir-se falar na tulipa negra, uma flor rara e preciosa. Segundo uma lenda persa, uma moça chamada Ferhad apaixonou-se por um rapaz chamado Shirin. Vendo seu amor rejeitado, Ferhad fugiu para o deserto. Ao chorar de saudades e tristeza, cada uma das suas lágrimas, ao tocar a areia, transformava-se numa linda tulipa negra”.

Khosrow e Shirin (Shirin va Khusraw خسرو و شیرین) é o título de vários poemas épicos persas escritos no século XII. A narrativa essencial é uma história de amor de origem persa, que é encontrada em grandes poemas da obra “Shahnameh” e que se baseia em dados históricos que foram elaborados e romantizados pelos poetas persas posteriormente. Variantes da história também foram encontradas sob os títulos “Khosrow e Farhad”, “Farhad e Shirin” e “Dilan e Perry” (em persa: دیلان و پری).

 

Anúncios