Árvore de Tulipas?

Sim! A Tulipa Africana é a flor da Tulipeira, uma árvore de crescimento rápido e efeito muito ornamental. Seu porte é médio, podendo atingir 24 metros. Na África, seu local de origem, pode-se observar exemplares com até 30 metros de altura. O tronco apresenta um diâmetro de 30 a 50 cm, a madeira é clara e mole e a casca fina e suberosa. As folhas são grandes, opostas e são compostas por numerosos folíolos (4 a 19) alongados e oval-lanceolados.

A Tulipeira é uma árvore de copa densa e muito rústica, indicada para espaços que requerem árvores de rápido crescimento, como em locais erodidos, parques e jardins públicos.
Devem ser cultivadas sob sol pleno, em solo fértil, bem drenado, e enriquecido com matéria orgânica. Árvore tipicamente tropical, não se adapta a países de clima frio. Multiplica-se por sementes e estacas que germinam com facilidade.

Devido à sua grande capacidade reprodutiva, a tulipeira pode tornar-se invasiva em determinadas situações.

Nome Popular: Tulipeira, tulipeira-africana, tulipeiro-africano, espatódea, bisnagueira, árvore-de-bisnagas, árvore-de-tulipas

Nome Científico: Spathodea campanulata

São flores com alcalóides tóxicos que causam alucinações. Para a fauna, causa envenenamento de beija-flores e abelhas. Apresenta intensa regeneração natural com tendência a formar densos agrupamentos, impedindo o crescimento de outras espécies e reduzindo a biodiversidade. Impede a sucessão natural das florestas que invade à medida que forma densos aglomerados e ocupa o espaço de espécies nativas. A dispersão de sementes pelo vento dificulta muito o controle da dispersão.

Foto By Black Diamond Images

Foto By Black Diamond Images

Anúncios